Educação

    SENAI encerra atividades agradecendo apoio dos formandos

    Ano de 2019 foi marcado por grandes revitalizações das unidades e desafio foi não parar atividades durante as reformas

    “Não foi um ano fácil. Fomos desafiados a fazer uma grande revitalização da Escola SENAI sem paralisar as atividades. A mesma coisa aconteceu com o Instituto SENAI de Tecnologia, que já estava modernizado, mas fizemos mais um grande investimento neste ano. Agradeço a todos os alunos por terem aceitado o desafio junto conosco, sendo bastante compreensivos e participativos”, congratulou João César Dotto, diretor regional do SENAI, na solenidade de formatura dos mais de 300 alunos das unidades da instituição em Rio Branco, realizada na noite de 16 de dezembro, no auditório da FAAO.

    De fato, a nova Escola SENAI foi reapresentada à comunidade no último dia 14 de novembro, onde foram investidos R$ 6,8 milhões em modernização, ampliação e mobiliário. Já no Instituto SENAI de Tecnologia (IST), foram injetados R$ 830 mil para a construção de novos laboratórios do corpo de prova, hidráulica e eletricidade de alta tensão. Em meio a tudo isso, 20 turmas (e mais seis em Cruzeiro do Sul, na Unidade Integrada SESI e SENAI do Juruá, que se formam nesta quarta-feira, 18 de dezembro), divididas em 18 cursos, conseguiram concluir suas atividades ao longo do ano sem prejuízo algum.

    O presidente da FIEAC e do Conselho Regional do SENAI, José Adriano, revelou que o desafio foi proposto por ele mesmo, uma vez que as instalações das unidades devem sempre oferecer o que há de melhor e mais moderno para a educação profissional do estado. “Graças a Deus, não houve nem um incidente durante todo o período das reformas, que eram realmente necessárias. Queríamos entregar para os jovens um ambiente em condições de contemplar todas as suas necessidades e de proporcionar a absorção de todo o conhecimento transmitido pelos instrutores. Por isso, quero reforçar os agradecimentos a todos, pois compreenderam essa necessidade”, reconheceu o empresário.

    Este mesmo ponto foi destacado pelo orador das turmas da Escola SENAI, Luan Rodrigo de Azevedo Silva, do curso de Aprendizagem Industrial Eletricista de Manutenção Eletrônica. “Após meses de reforma, a nossa escola se tornou um dos melhores centros de aprendizagem industrial do país. Não foi fácil: o barulho das batidas dificultava as aulas, mas não nos impediu. Continuamos a aprender. Seguimos em frente e, quando menos percebemos, todo aquele barulho já tinha acabado e já estávamos inaugurando a nova Escola SENAI. Chegamos aqui, hoje, com a sensação de dever cumprido”, enfatizou o formando. “Hoje sairemos desta cerimônia capacitados para o mercado de trabalho e temos muito orgulho em dizer que foi pelo SENAI”, agradeceu a formanda Raisha Vitória da Costa Silva, oradora do IST.

    PODER DE TRANSFORMAR – Para os parceiros do SENAI, só a educação tem o poder de transformar. “Fico muito feliz por poder testemunhar este momento. Os jovens estão recebendo hoje muito mais do que um diploma, mas o reconhecimento do esforço e dedicação de cada um: um passaporte para o sucesso. Parabenizo o SENAI por proporcionar o melhor do ensino profissionalizante, mostrando o comprometimento da classe industrial”, elogiou a procuradora-geral do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Kátia Rejane de Araújo Rodrigues.

    O superintendente regional do Trabalho, Taumaturgo Lima, aproveitou a ocasião para informar que a Superintendência está se modernizando, tornando todos os seus processos digitais, incluindo a carteira de trabalho digital, que agora pode ser acessada pelo sistema https://servicos.mte.gov.br/. “O menor aprendiz não vai mais precisar correr atrás de carteira de trabalho física na OCA ou no Ministério do Trabalho, essa preocupação acabou”, destacou. “Parabenizo o SENAI por ser parceiro da Superintendência Regional do Trabalho e por lutar por essa causa, que é o ensino profissionalizante. Estamos aqui diante do futuro do Acre, futuros doutores, futuros cientistas”, completou ele.

    Image
    Image