sábado , 25 outubro 2014
Últimas
Capa / Cotidiano / Fórum Nacional discute políticas públicas para as mulheres
Fórum Nacional discute políticas públicas para as mulheres
Delegação acreana de mulheres cumprimentou a ministra Eleonora Menecuti em encontro do Fórum Nacional das OPMs (Foto: SPM PR)

Fórum Nacional discute políticas públicas para as mulheres

O encontro anual do Fórum Nacional de Organismos Governamentais de Políticas para as Mulheres (OPMs) realizado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM/PR), na última semana, reuniu cerca de 330 gestoras públicas, no Distrito Federal, para tratar sobre o tema central “Agendas transversais e políticas para as mulheres”. O Acre esteve presente no evento, por meio da delegação acreana composta pelas gestoras municipais e estaduais, Joelda Pais, Neuda Muniz, Graça Lopes e Elisangela Martins.

O evento teve o intuito de fortalecer os OPMs frente às estratégias de desenvolvimento adotadas pelas unidades da federação, além de contribuir para potencializar a  inserção das políticas para as mulheres nos respectivos cenários de desenvolvimento sustentável, considerando os aspectos local e regional.

Para a diretora de Direitos Humanos da Secretaria de Estado de Políticas para as Mulheres (SEPMulheres), Joelda Pais, o encontro é um mecanismo de fortalecimento da política de gênero nacional. “Durante o encontro do Fórum pudemos conhecer mais a fundo as diretrizes de políticas trabalhadas pela SPM/PR, além de termos sido capacitadas na área da construção de planos, projetos, programas com perspectiva de gênero. Este, foi um espaço de fortalecimento da política pública para as mulheres do Brasil”, afirmou.

“A discussão do Fórum permitiu que compreendêssemos os avanços das políticas de gênero a nível nacional. Inclusive, segundo dados da SPM o número de OPMs cresceu bastante nos últimos anos e no Acre essa realidade não é diferente, estamos articulando para que até o final de 2014 todas as prefeituras acreanas tenham uma Coordenadoria de Políticas para as Mulheres devidamente criada, equipada e ativa”, disse a coordenadora da SEPMulheres, Neuda Muniz.

Na ocasião a secretária de Articulação Institucional e Ações Temáticas da SPM/PR, Vera Soares apresentou uma pesquisa às gestoras presentes, constatando que em cerca de dez anos, o número de organismos governamentais de políticas para as mulheres (OPMs) implantados no Brasil teve um crescimento expressivo: de treze instituições, em 2004, para 603 organismos contabilizados em 2013.


Maria Meirelles/Agência de Notícias do Acre

Os comentários estão fechados.

Portal da Saúde - Ministério da Saúde
Scroll To Top